Notícias

Feira italiana deve gerar US$ 40 milhões para calçadistas brasileiros

16.06.2018 -

Os quatro dias da Expo Riva Schuh mostraram que os brasileiros estão no caminho certo para aumentar a presença do Made in Brazil no mercado internacional. As 46 marcas que participaram da mostra italiana, realizada entre 16 e 19 de junho em Riva del Garda, com o apoio do Brazilian Footwear, programa de incentivo das exportações de calçados realizado pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), terminam a feira com a expectativa de alcançar US$ 40 milhões em negócios, entre os pedidos efetivados e os alinhavados no evento. O número é 22,5% superior ao da edição de junho de 2017, quando a expectativa foi de US$ 31 milhões. No total foram mais de 800 contatos, sendo metade deles novos.

A constância da participação dos brasileiros na feira, a exportação como estratégia de negócio e a flexibilidade das empresas nacionais são alguns dos fatores que auxiliam no crescimento dos negócios. “O Brasil, com toda sua tradição exportadora, atrai os compradores que buscam produtos de qualidade, com diferencial de moda e conforto. E os resultados alcançados na mostra, que abre o calendário da coleção primavera-verão, são o reflexo de que as coleções estão de acordo com a demanda do mercado externo”, destaca Ruísa Scheffel, analista de Promoção Comercial da Abicalçados. Durante a Expo Riva Schuh também foi realizado um evento de relacionamento com compradores internacionais com o objetivo de estreitar os laços entre empresas, lojistas e distribuidores que visitam a plataforma comercial.

Resultados
Para a Bottero, que participa há mais de 15 anos da Expo Riva Schuh, esta foi uma das melhores edições. “A feira sempre foi uma boa plataforma para contato e atendimento a distribuidores, mas agora conseguimos fazer novos contatos de qualidade e, ainda, efetuar vendas. Abrimos três novos mercados, Canadá, Azerbaijão e República Tcheca, além de novos clientes em países que já trabalhamos”, comemora Paulina Klein, coordenadora de exportação da Bottero, que participou da mostra com as marcas Madeira Brasil e Verofatto.

Os resultados também foram positivos para a Sollu. Segundo Alexandre Salomão, gerente de exportação da marca masculina, embora a feira não tenha registrado a movimentação esperada, os compradores que visitaram o estande da marca eram qualificados. Salomão comenta que a coleção da Sollu vem se destacando a cada temporada, atraindo cada vez mais compradores de diferentes países, o que confirma a importância do investimento na adaptação dos produtos. “Hoje temos um feedback muito positivo da nossa coleção e a feira nos auxilia no processo de abertura de mercados, especialmente no Leste Europeu, o que se confirmou com a abertura de clientes na Polônia e Ucrânia, além do Canadá, que ainda não trabalhávamos”, avalia.

Em sua primeira participação na Expo Riva Schuh, a GVD International, detentora da marca Pyramidis, termina a feira com a sensação de dever cumprido. De acordo com Wagner Kirsch, diretor comercial da empresa, a mostra superou as expectativas. “Recebemos todos os clientes que havíamos agendado e de bônus ainda conseguimos nos aproximar de compradores que buscávamos, mas ainda não tínhamos contato. A plataforma se mostrou muito importante para a nossa empresa pela visitação e pelo timing, que atende as necessidades dos nossos clientes”, conta.

Participaram da feira as marcas Klin, Werner, Andacco, Carrano, Madeira Brasil, Verofatto, Piccadilly, Pegada, Vizzano, Beira Rio Conforto, Moleca, Molekinha, Molekinho, Modare Ultraconforto, Usaflex, Tabita, Pampili, Cravo & Canela, Jorge Bischoff, Loucos & Santos, Ramarim, Comfortflex, Whoop, Stéphanie Classic, Cristofoli, Azaleia, Dijean, Suzana Santos, Renata Mello, Kildare, Sapatoterapia, Democrata, Petite Jolie, Sollu, Pimpolho, Indiana Colours of Brazil, Grendha, Grendene Kids, Copacabana, Capelli Rossi, Capodarte, Dumond, ADG Export, Adrun, Pyramidis e Arezzo.



Sobre o Brazilian Footwear:
Brazilian Footwear é um programa de incentivo às exportações desenvolvido pela Abicalçados em parceria com a Apex-Brasil. Este programa tem por objetivo aumentar as exportações de marcas brasileiras de calçados através de ações de desenvolvimento, promoção comercial e de imagem voltadas ao mercado internacional.
Conheça: www.brazilianfootwear.com.br| www.abicalcados.com.br/brazilianfootwear

Sobre a Apex-Brasil:
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. Para alcançar esses objetivos, a Apex-Brasil realiza ações diversificadas de promoção comercial que visam promover as exportações e valorizar os produtos e serviços brasileiros no exterior, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira entre outras plataformas de negócios que também têm por objetivo fortalecer a marca Brasil. Conheça: www.apexbrasil.com.br