Notícias

Feira norte-americana possibilita novos negócios e visibilidade a marcas brasileiras

16.08.2018 -

Entre os dias 13 e 15 de agosto, Las Vegas foi, novamente, palco da maior feira de calçados dos Estados Unidos, a FN Platform. O evento, que reuniu 17 marcas brasileiras, deve gerar um total de U$ 4,6 milhões em negócios, entre efetivados e alinhavados no local. A participação das empresas verde-amarelas é viabilizada pelo Brazilian Footwear, programa de apoio às exportações de calçados mantido pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). 

A analista de Promoção Comercial da Abicalçados, Ruisa Scheffel, avalia que a feira foi mais efetiva do que a do mesmo período de 2017. “No ano passado, os negócios ficaram em US$ 6,3 milhões, mas tínhamos 31 marcas, uma média de US$ 200 mil por grife. Neste ano, com 17 marcas, tivemos uma média de US$ 270 mil”, avalia.

Segundo Ruisa, os Estados Unidos seguem sendo um dos mercados mais importantes para a exportação de calçados nacionais, por isso a presença dos brasileiros no maior evento do setor na América do Norte é de suma relevância. “Na FN Platform, as empresas participantes se posicionam junto às principais marcas do mercado americano, o que gera ampla visibilidade e mostra que o calçado brasileiro é um concorrente global”, aponta a analista, destacando também os novos negócios proporcionados às marcas.

O gestor de Exportação da Vicenza, Geison Ferreira, também ressalta a influência da feira na imagem das marcas no mercado norte-americano. Segundo ele, embora esteja diminuindo de tamanho, a exposição continua reunindo compradores relevantes e contatos de qualidade, que justificam o investimento das empresas. “Tivemos visitas de grandes compradores, que poderão render bons negócios nos próximos meses”, avalia Ferreira.


Estreando

Se a edição anterior da feira, em fevereiro deste ano, foi o momento de estreia da Kidy no evento, esta edição ficou marcada pela primeira venda da empresa para os Estados Unidos. “Temos 27 anos de estrada, mas só agora que começamos a focar esforços no mercado daqui, por isso ficamos muito contentes com o pedido”, conta o gerente de Exportação da empresa, Rodrigo Nunes. Além disso, ele destaca a visita de um grande grupo mexicano, que era um dos objetivos da companhia para o evento.

Além da marca que dá nome ao grupo, a Kidy esteve na feira com a Magia Teen, criada nos anos 90 e relançada pela empresa há seis meses. Segundo Nunes, a marca foi bem recebida pelo público da FN Platform.  “A Magia Teen preenche uma fatia do mercado pouco trabalhada, que é a dos adolescentes, e tem grande apelo na América Central. O resultado demonstra que estamos no caminho certo”, afirma Nunes. Satisfeitos com a participação, o grupo planeja voltar nas próximas edições. “Conseguimos contatos importantes, estamos felizes e com boas expectativas para o próximo semestre”, conclui.


Mercado

Segundo maior mercado mundial do setor de calçados, tendo importado, no primeiro semestre de 2018, quase 5 milhões de pares verde-amarelos, os Estados Unidos têm características singulares. A maior parte dos produtos embarcados são private label – com marca do cliente -, o que ressalta a necessidade de ações que trabalhem a imagem das marcas brasileiras naquele mercado.

Outra característica, evidenciada na mostra, é o trabalho por meio de distribuidores. O gerente de Vendas da Carrano, Hugo Cassel, sublinha a relevância da presença da distribuidora Nilsara Piereck no estande da marca, o que garantiu bons negócios com boutiques e lojas menores. “É uma feira mais doméstica, muito importante para quem já atende ao mercado norte-americano ou quer ingressar nele”, comenta Cassel.

Participaram da FN Platform as marcas Rider, Cartago, Ipanema, Zaxy, Schutz, Pampili, Boaonda, Carrano, Vicenza, Klin, Bibi, Capelli Rossi, Werner, Stephanie Classic, Kidy, Magia Teen e Petite Jolie.